II END - Encontro Nacional de Desastres da ABRHidro

Data: 15/12/2020 à 18/12/2020
Local: Virtual
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/iiend

PROPAGAÇÃO DE SECAS METEOROLÓGICAS PARA SECAS HIDROLÓGICAS NO BRASIL

Autores

ALENA GONZALEZ BEVACQUA, Vinícius Bogo Portal Chagas, Pedro Luiz Borges Chaffe

Tema

Estudos relacionados a estiagens/secas

Resumo

A propagação de uma seca meteorológica pelo ciclo hidrológico pode dar origem a seca hidrológica. Entender como esse processo funciona é essencial para melhorar o monitoramento e a previsão dos eventos de secas. Nesse trabalho foi calculado o tempo de propagação entre secas meteorológicas e hidrológicas para 459 bacias hidrográficas no Brasil. Para isso, utilizamos a correlação de Pearson entre os Índice de Precipitação e Evapotranspiração Padronizado (SPEI) e o Índice de Vazão Padronizado (SSI). Os resultados mostraram que a propagação entre secas no Brasil é para a maioria das bacias lenta e varia entre 6 e 12 meses. As regiões do Rio São Francisco e do Atlântico Leste são as regiões em que a propagação é mais lenta, variando de 6 a 12 meses. Já as Regiões do Rio Uruguai e do Atlântico Sudeste são as regiões em que a propagação é mais rápida (ie., 2 meses). Essa metodologia é capaz de fornecer uma estimativa do tempo de propagação e pode ajudar nos sistemas de alerta e previsão dos eventos de secas.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com