XXIII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 24/11/2019 à 28/11/2019
Local: Foz do Iguaçu - PR
ISSN: 2318-0358
Mais informações: https://eventos.abrh.org.br/xxiiisbrh/

EQUAÇÕES DE CHUVAS INTENSAS PARA O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL COM BASE EM DESAGREGAÇÃO DE DADOS DIÁRIOS

Código

XXIII-SBRH0611

Autores

Maria Paula Feitosa Tormam, Tamara L Caldeira, Samuel Beskow, LESSANDRO COLL FARIA, Tirzah Moreira Siqueira, Marcelle Martins Vargas, Zandra Almeida da Cunha, Maíra Martim de Moura, Aryane Araújo Rodrigues

Tema

02 - Hidrologia

Resumo

Este estudo objetivou ajustar, para 364 localidades do Rio Grande do Sul, os parâmetros da equação intensidade-duração-frequência (IDF) a partir de séries de chuva máxima diária anual. As funções densidade de probabilidade (FDPs) Gumbel, Log-Normal a 2 parâmetros (LN-2P), Generalizada de Valores Extremos (GEV) e Kappa foram ajustadas às séries. Pela melhor FDP para cada série, definida pelo teste de aderência de Anderson-Darling, obteve-se um conjunto de valores de chuva máxima diária anual associada a diferentes tempos de retorno, os quais foram desagregados em intervalos de tempo menores pelo método da relação das durações. Em seguida, a equação foi ajustada e avaliada pelo coeficiente de Nash-Sutcliffe. Os resultados obtidos permitiram constatar que: i) as FDPs multiparâmetros ? GEV e Kappa ? tiveram desempenho substancialmente superior; ii) as equações IDF tiveram ajuste classificado ?bom?; iii) os parâmetros a e b apresentaram variabilidade espacial, sendo que a guarda relação direta com a posição geográfica e com o regime de chuvas do local; iv) as séries melhor ajustadas segundo as FDPs Kappa e Gumbel resultaram nos mesmos valores para os parâmetros c e d, enquanto outro conjunto de valores constantes para c e d foi observado quando GEV e LN-2P foram as melhores FDPs.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com