XXIII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 24/11/2019 à 28/11/2019
Local: Foz do Iguaçu - PR
ISSN: 2318-0358
Mais informações: https://eventos.abrh.org.br/xxiiisbrh/

Monitoramento da qualidade da água em uma bacia de detenção no Distrito Federal

Código

XXIII-SBRH0227

Autores

Maria Elisa Leite Costa, Sérgio Koide, Ana Carolina Vieira de Paula, Stefanie Katrin Fischer Henz

Tema

07 - Qualidade da água

Resumo

A crescente urbanização resulta em um aumento da poluição difusa, a qual é de difícil mensuração. O escoamento superficial transporta todos os poluentes advindos das atividades antropogênicas até os corpos hídricos, deteriorando a qualidade da água desses. Os polutogramas são gráficos capazes de mostrar como a concentração dos poluentes variam ao longo de um evento hidrológico e podem ser apresentados juntamente com os hidrogramas. Como medida para reduzir os impactos da poluição e aumento das vazões encontram-se as bacias de detenção. Neste estudo, foi monitorada a bacia de detenção do Guará ? DF, a fim de verificar sua eficiência no aspecto quali-quantitativo. Para isso foram recolhidas amostras, na entrada e na saída da bacia, de um evento chuvoso de março de 2019, e essas foram analisados em diversos parâmetros de qualidade da água com o auxílio de polutogramas. No aspecto qualitativo a bacia se apresentou muito eficiente ao remover praticamente toda concentração de nitrito, nitrato, sólidos em suspensão e turbidez presentes na água drenada. Pela análise de coliformes, a qual apresentou coliformes fecais, e pelas relações de DQO/DBO é possível dizer que há ligações clandestinas de esgoto sanitário na rede de drenagem da área de contribuição da bacia.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com