XIII SBRH - SIMPÓSIO BRASILEIRO DE RECURSOS HÍDRICOS

Data: 28/11/1999 à 02/12/1999
Local: Belo Horizonte - MG

AVALIAÇÃO DE CUSTOS DE TRATAMENTO E DE REUSO DE EFLUENTES POR LAGOAS DE ESTABILIZAÇÃO NO ESTADO DO CEARÁ

Autores

Cláudio Pacheco Barbosa, Cláudia Beghini Rodrigues Abreu, José Carlos de Araújo

Resumo

O tratamento de efluentes através de lagoas de estabilização pode contribuir favoravelmente para uma política sustentável de gestão dos recursos hídricos sob dois aspectos: redução de impactos ambientais e possibilidade de reuso. O trabalho objetiva avaliar os custos unitários, para o Ceará, de operação e manutenção (O&M) e de recuperação de capital tanto para o tratamento quanto para o reuso, vistos separadamente. Baseados em levantamento de 13 projetos distribuídos em todo o Estado, encontram-se equações de regressão entre custos e população servida com altas correlações lineares entre dados medidos e calculados (R = 0,95 para custos O&M; e R = 0,78 para custos de capital). Vistos isoladamente, os custos de tratamento e de reuso são bem superiores àqueles correspondentes à água bruta. No entanto, o custo conjunto de tratamento e reuso por lagos de estabilização é da mesma ordem de grandeza daqueles._x000D_ _x000D_

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com