XIII SBRH - SIMPÓSIO BRASILEIRO DE RECURSOS HÍDRICOS

Data: 28/11/1999 à 02/12/1999
Local: Belo Horizonte - MG

ASPECTOS DA REGULAMENTAÇÃO DO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO DE BELO HORIZONTE CONCERNENTES AO SISTEMA DE DRENAGEM URBANA

Autores

Maria Helena D. Ramos, Nilo de Oliveira Nascimento, Marcio B. Baptista

Resumo

Dentre os vários métodos existentes na literatura para determinação de hidrogramas de cheia de uso difundido em hidrologia urbana, destaca-se o Método SCS (Soil Conservation Service, EUA), que apresenta como um dos parametros-chave para a determinação do hidrograma de cheia o CN (Curve Number ou Número de Curva). Sua estimativa para áreas urbanas e rurais pode ser efetuada com o auxílio de tabelas apresentadas na literatura, que o relacionam ao tipo e uso do solo, à umidade antecedente e ao grupo hidrológico do solo (A, B, C ou D, segundo decrescentes capacidades de infiltração e permeabilidade). Este artigo tem como objetivo, a partir de uma análise dos tipos de solo encontrados em Belo Horizonte, apresentar uma classificação dos solos do município segundo o conceito de grupos hidrológicos, visando auxiliar na estimativa do parâmetro CN para o emprego do método SCS nos cálculos em drenagem urbana._x000D_ _x000D_

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com