XIII SBRH - SIMPÓSIO BRASILEIRO DE RECURSOS HÍDRICOS

Data: 28/11/1999 à 02/12/1999
Local: Belo Horizonte - MG

ANÁLISE COMPARATIVA DOS MÉTODOS DE HARGREAVES E PENMAN-MONTEITH PARA A ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO POTENCIAL: UM ESTUDO DE CASO

Autores

JOSÉ NILSON B. CAMPOS, Ticiana Marinho de Carvalho Studart

Resumo

No presente trabalho apresenta-se um estudo comparativo entre duas metodologias para a estimativa da evapotranspiração potencial em dois municípios do Vale do Jaguaribe, Ceará. A primeira, proposta por Hargreaves, é largamente utilizado no Nordeste Brasileiro. A segunda, denominado Penman-Monteith, é a recomendada pela FAO para estudos desta natureza, devido ao seu excelente desempenho sob várias condições climáticas. Os resultados mostram, no entanto, que, para os municípios estudados, as diferenças entre os valores da evapotranspiração potencial estimada pelas duas metodologias são mínimas - cerca de 5% para Jaguaruana e 2% para Morada Nova._x000D_ _x000D_

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com