XII SRHNE - SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS DO NORDESTE

Data: 21/10/2014 à 31/12/2014
Local: Natal - RN
ISSN: 2359-1900

AVALIAÇÃO DA TEMPERATURA DA ÁGUA EM TERESINA-PI E SEU IMPACTO NA PERDA DE CARGA EM TUBULAÇÕES (PAP018209)

Código

PAP018209

Autores

CARLOS HENRIQUE LEAL VIANA, FRANCISCO ROGEANIO CAMPOS DE ALMEIDA, ITALO SARAIVA GONÇALVES, Roberto José Amorim Rufino Fernandes

Tema

Águas urbanas e desenvolvimento

Resumo

A cidade de Teresina/PI, conhecida pela alta temperatura ambiente durante boa parte do ano, o que se reflete em maiores temperaturas da água. Apesar disso, os sistemas hidráulicos da capital piauiense são dimensionados considerando a viscosidade cinemática da água para a temperatura padrão de 20ºC. O objetivo do presente trabalho é avaliar erro cometido ao se desconsiderar a temperatura real no cálculo da perda de carga em condutos forçados. Foi observado que a temperatura média da água na rede pública de distribuição é de 33,4ºC e de 31,4ºC em um sistema predial de água fria. Utilizar a viscosidade a 20ºC superestima a perda de carga em valores que podem chegar a mais de 8,0% em escoamentos turbulentos hidraulicamente lisos e mistos segundo a Fórmula Universal da Perda de Carga.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com