II END - Encontro Nacional de Desastres da ABRHidro

Data: 15/12/2020 à 18/12/2020
Local: Virtual
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/iiend

ATUALIZAÇÃO DA CURVA CHAVE DE UMA ESTAÇÃO FLUVIOMÉTRICA NA CALHA DO RIO SÃO FRANCISCO, NO CONTEXTO DOS EVENTOS DE VAZÕES DE CHEIAS OCORRIDAS NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2020

Autores

José Alexandre Pinto Coelho Filho, FREDERICO ERNESTO COELHO CARVALHO, ELIZABETH GUELMAN DAVIS

Tema

Estudos relacionados a inundações

Resumo

Nos meses de janeiro a março de 2020 foram registradas precipitações acima da média histórica na Região Sudeste do Brasil, que contribuiu para a ocorrência de diversos eventos de enchentes em várias bacias hidrográficas. Nesse contexto, o Serviço Geológico do Brasil - CPRM direcionou equipes de hidrometria para a medição de vazões históricas (vazões de cheias) em cursos de água em território nacional. Apesar deste procedimento ter sido realizado para diversas estações de monitoramento fluviométrico na bacia do São Francisco, o presente estudo trata apenas da estação Cachoeira da Manteiga (42210000). Para a medição das vazões de cheias verificadas nesta estação fluviométrica, utilizou-se um equipamento ADCP (Acoustic Doppler Current Profiler) fabricado pela empresa Sontek (e disponibilizado pela Agência Nacional de Águas - ANA), do tipo M9, sendo este modelo frequentemente utilizado pelas equipes de hidrometria da CPRM na operação da Rede Hidrometeorológica Nacional (RHN). Os dados coletados em campo foram analisados pelos engenheiros hidrólogos do Serviço Geológico do Brasil ? CPRM em ambiente de escritório, permitindo a atualização da curva-chave da estação fluviométrica, que não apresentou mudança na tendência de seu traçado, mantendo a continuidade da relação cota-vazão neste ponto de monitoramento.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com