II END - Encontro Nacional de Desastres da ABRHidro

Data: 15/12/2020 à 18/12/2020
Local: Virtual
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/iiend

CARACTERIZAÇÃO FISIOGRÁFICA DA MICROBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO POMBA (SUB-BACIA 5), NO MUNICÍPIO DE APERIBÉ-RJ

Autores

IGOR MARTINS ZANATA

Tema

Análises de riscos hidrológicos sociais, econômicos e/ou ambientais

Resumo

O rio Pomba nasce na Serra Conceição, pertencente à cadeia da mantiqueira, em Barbacena-MG, a 1.100m de altitude, apresenta uma declividade relevante, uma vez que a cerca de 90 km da nascente atinge a altitude de 200 m. Em Cataguases-MG está na altitude de 165 m e em Santo Antônio de Pádua-RJ a 90 m. Depois de percorrer 265 km, atinge a foz no Paraíba do Sul. Os principais afluentes são os rios Novo, Piau, Xopotó, Formoso e Pardo. A bacia do rio Pomba apresenta uma área de drenagem de 8.616 km2, com o uso e ocupação do solo relativamente uniforme, abrangendo cerca de 35 municípios mineiros e 3 municípios fluminenses, onde vive uma população de aproximadamente 450 mil habitantes. Este trabalho teve como objetivo realizar um estudo preliminar das características fisiográficas de uma bacia localizada no Município de Aperibé - RJ, mais precisamente em relação ao rio que passa pela cidade, o rio Pomba. De acordo com os resultados obtidos, pode-se considerar que a área estudada da bacia hidrográfica do rio Pomba apresenta condições pouco favoráveis a ocorrência de enchentes, quando consideramos o padrão de precipitação reinante na região. A análise dos dados e a interpretação dos resultados obtidos nas condições atuais da bacia hidrográfica permitiram concluir que a bacia hidrográfica do rio Pomba possui a forma alongada, evidenciando menor risco de cheias em condições normais de pluviosidade anual.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com