XIII ENAU - Encontro Nacional de Águas Urbanas e III SRRU - Simpósio de Revitalização de Rios Urbanos

Data: 19/10/2020 à 22/10/2020
Local: virtual
ISSN: 2359-1897
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xiiienau-iiisrru

COMPARAÇÃO ENTRE VAZÕES DE REFERÊNCIA OBTIDAS A PARTIR DE DIFERENTES MODELOS DIGITAIS DE ELEVAÇÃO

Autores

Sheila Mena Barreto Silveira, THAWARA SOUZA GUIDOLIN, Julia Pelegrini

Tema

ENAU - 02 - Processos hidrológicos e modelagem em áreas urbanas

Resumo

O arcabouço legal no Brasil quanto aos critérios de lançamento de efluentes líquidos em recursos hídricos superficiais possui uma gama de normas. Como os critérios metodológicos utilizados em laudos hidrológicos para determinação de vazões de referência são uma decisão do profissional que realizará o projeto, segundo Diretriz Técnica FEPAM 04/2018, o presente estudo compara os resultados de vazão média de longo período (Qmlp) obtidos a partir de três modelos digitais de elevação (MDE) distintos, demonstrando as variações decorrentes da seleção da matriz altimétrica utilizada. Os MDEs utilizados possuem resoluções espaciais de 90 m, 30 m e 12,5 m. A área de estudo pertence ao município de Gravataí, região metropolitana de Porto Alegre. Para determinação da série histórica de vazões, foi selecionado um posto fluviométrico próximo, e o processamento das informações foi realizado no software de geoprocessamento ArcGIS© 10.3. Os valores das áreas de drenagem e das vazões médias de longo período variaram menos de 1,5%, quando comparados os valores obtidos com os três MDEs. Esta diminuta variação demonstra que, para as características físicas da área de estudo, a seleção do modelo digital de elevação não interfere de forma significativa na obtenção da Qmlp através do método de regionalização de vazões.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com