XIII ENAU - Encontro Nacional de Águas Urbanas e III SRRU - Simpósio de Revitalização de Rios Urbanos

Data: 19/10/2020 à 22/10/2020
Local: virtual
ISSN: 2359-1897
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xiiienau-iiisrru

ANÁLISE DA CME E DA RELAÇÃO ENTRE SS E TURBIDEZ NA BACIA DO VICENTE PIRES - DF

Autores

Guilherme Suppa de Pinho, Maria Elisa Leite Costa, Sérgio Koide

Tema

ENAU - 03 - Poluentes em águas urbanas: fontes, acumulação, carreamento e impactos

Resumo

Corpos hídricos estão sujeitos a diversos tipos de poluição, dentre eles a poluição difusa advinda do escoamento superficial, no qual os sedimentos carreados são importantes contribuintes para impactos ambientais, como o assoreamento. Esta pesquisa foi realizada no Córrego Vicente Pires, afluente do Riacho Fundo e do Lago Paranoá, que teve como objetivo levantar a concentração média por evento (CME) de sólidos suspensos (SS) e dissolvidos (SD) na estação seca e chuvosa, além de analisar a correlação entre turbidez e SS. Observou-se, por meio da CME, forte correlação entre a concentração de sólidos e a vazão do rio, com as maiores CME ocorrendo justamente devido aos grandes volumes de escoamento superficial, que provocam arraste de materiais gerados pelo uso e ocupação do solo, principalmente quando existem obras com movimentação de terra e também devido à erosão das margens do Córrego. A relação entre SS e turbidez é alta, com coeficiente de correlação de 0,892, o que pode permitir o monitoramento indireto de SS através de um turbidímetro.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com