XIII ENAU - Encontro Nacional de Águas Urbanas e III SRRU - Simpósio de Revitalização de Rios Urbanos

Data: 19/10/2020 à 22/10/2020
Local: virtual
ISSN: 2359-1897
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xiiienau-iiisrru

AVALIAÇÃO DOS MÉTODOS PULS E CURVA-ENVELOPE PARA DIMENSIONAMENTO DOS POÇOS DE INFILTRAÇÃO

Autores

Tayana Borges Moraes, Juliana Farias Araujo, Eduardo Cohim, Thiago Barbosa de Jesus

Tema

ENAU - 06 - Sistemas de drenagem sustentável em áreas urbanas consolidadas

Resumo

Devido aos problemas de gestão das águas pluviais no meio urbano, têm sido sugeridos sistemas alternativos de drenagem, que promovem o controle desse recurso na fonte, através da implantação de estruturas que o retenham e/ou promovam sua infiltração. Esta pesquisa objetiva comparar dois métodos de dimensionamento (Curva-envelope e método Puls), adotando seis coeficientes de permeabilidade (k). O método racional e o primeiro quartil da distribuição Huff foram utilizados para Feira de Santana/Ba, para um tempo de retorno de 5 anos. Além disso, o desempenho do poço de infiltração foi verificado ao receber uma precipitação com recorrência de 20 anos. Verificou-se que, para valores de k até 10-5 m/s, o método Puls resulta em dispositivos com dimensões menores, atingindo uma economia de 30%. E, para valores de k superiores a 10-5 m/s, a diferença entre os dois métodos não se torna tão significativa. Apesar do extravasamento, a estrutura analisada mantém sua finalidade de controle do escoamento para um evento com tempo de retorno igual a 20 anos. Assim, concluiu-se que, para coeficientes de permeabilidade até 10-5 m/s, a aplicação do método Puls é significativa para a redução das dimensões dos dispositivos de infiltração e, consequentemente, do seu custo de implantação.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com