XIII ENAU - Encontro Nacional de Águas Urbanas e III SRRU - Simpósio de Revitalização de Rios Urbanos

Data: 19/10/2020 à 22/10/2020
Local: virtual
ISSN: 2359-1897
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xiiienau-iiisrru

IMPACTO DA IMPERMEABILIZAÇÃO NA HIDROLOGIA DE UMA BACIA URBANA

Autores

Janine Brandão de Farias Mesquita, IRAN EDUARDO LIMA NETO

Tema

ENAU - 02 - Processos hidrológicos e modelagem em áreas urbanas

Resumo

As alterações no uso do solo são fatores marcantes do processo de urbanização. O presente trabalho objetivou analisar o impacto da impermeabilização em uma bacia hidrográfica urbana, localizada em Fortaleza, Ceará. Utilizou-se o modelo hidrológico-hidráulico Storm Water Management Model (SWMM). Analisou-se uma série temporal de 20 anos de dados pluviométricos a fim de selecionar três chuvas máximas com coeficiente de retorno de 5, 10 e 50 anos e três anos distintos: com precipitação abaixo da média (2013), típico (2018) e acima da média (2019). Posteriormente, analisaram-se cenários do impacto da impermeabilização na hidrologia, considerando uma impermeabilização de 30%, 57% (atual) e 90%. Estes foram analisados para as precipitações máximas e para três anos selecionados. Os resultados mostraram que para chuvas de grande magnitude, uma diminuição de 20% da impermeabilização reduziria no máximo 12% da vazão de pico da bacia. Já um aumento de cerca de 30% da impermeabilização não alteraria a vazão de pico. Analisando-se cenários para 2013, 2018 e 2019, verificou-se que quanto menos chuvoso o ano, maior a influência da impermeabilização para o aumento da vazão média anual da bacia. Concluiu-se que a bacia já se encontra em estágio crítico de capacidade máxima de impermeabilização.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com