XV SRHNE - SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS DO NORDESTE

Data: 22/11/2020 à 26/11/2020
Local: Caruaru
ISSN: 2359-1900
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xvsrhne/

AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DE VARIÁVEIS SOCIOECONÔMICAS NA DEMANDA HÍDRICA DE CENTROS URBANOS: ESTUDO DE CASO EM FORTALEZA - CE

Autores

Thaís Antero de Oliveira, Francisco de Assis de Souza Filho, Taís Maria Nunes Carvalho, GABRIELA DE AZEVEDO REIS, renata locarno frota

Tema

02 - Governança e segurança hídrica

Resumo

Devido ao aumento da demanda hídrica, do crescimento populacional, do desenvolvimento econômico, do índice de urbanização, somado à limitação dos recursos disponíveis, as cidades brasileiras apresentam um importante desafio relativo à disponibilidade hídrica. Dessa forma, as pessoas responsáveis pelo processo de tomada de decisão precisam buscar o equilíbrio da demanda humana por água, para isso, é necessário um embasamento técnico e científico. O presente estudo, assim, pretende analisar o comportamento da influência de dados socioeconômicos na demanda residencial por setores censitários em centros urbanos, aplicando o método de regressãao multinível lmer nos dados de Fortaleza (CE). Foi utilizada uma série de demanda de 2009 a 2017, bem como dados de IDH e renda média por setor. Os índices socioeconômicos foram divididos em cinco classes cada. Após aplicação do método, foram obtidas 25 equações do segundo grau, sendo cada uma referente à relação de uma classe de IDH com uma de renda. Pode-se concluir que no tempo de estudo os setores apresentaram uma tendência semelhante de evolução no tempo e que ao observar o intercepto das equações geradas, dedui-se que setores com IDH mais baixo, bem como renda média menor, apresentam valores de demanda, geralmente, menores, pois iniciam com quantidade mais reduzida no ano inicial.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com