XV SRHNE - SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS DO NORDESTE

Data: 22/11/2020 à 26/11/2020
Local: Caruaru
ISSN: 2359-1900
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xvsrhne/

AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DE VARIÁVEIS SOCIOECONÔMICAS NA DEMANDA HÍDRICA DE CENTROS URBANOS: ESTUDO DE CASO EM FORTALEZA - CE

Código

XV-SRHNE0007

Autores

Francisco de Assis de Souza Filho, Thaís Antero de Oliveira, Taís Maria Nunes Carvalho, Renata Locarno Frota, GABRIELA DE AZEVEDO REIS

Tema

02 - Governança e segurança hídrica

Resumo

Devido ao aumento da demanda hídrica, do crescimento populacional, do desenvolvimento econômico, do índice de urbanização, somado à limitação dos recursos disponíveis, as cidades brasileiras apresentam um importante desafio relativo à disponibilidade hídrica. Dessa forma, as pessoas responsáveis pelo processo de tomada de decisão precisam buscar o equilíbrio da demanda humana por água, para isso, é necessário um embasamento técnico e científico. O presente estudo, assim, pretende analisar o comportamento da influência de dados socioeconômicos na demanda residencial por setores censitários em centros urbanos, aplicando o método de regressãao multinível lmer nos dados de Fortaleza (CE). Foi utilizada uma série de demanda de 2009 a 2017, bem como dados de IDH e renda média por setor. Os índices socioeconômicos foram divididos em cinco classes cada. Após aplicação do método, foram obtidas 25 equações do segundo grau, sendo cada uma referente à relação de uma classe de IDH com uma de renda. Pode-se concluir que no tempo de estudo os setores apresentaram uma tendência semelhante de evolução no tempo e que ao observar o intercepto das equações geradas, dedui-se que setores com IDH mais baixo, bem como renda média menor, apresentam valores de demanda, geralmente, menores, pois iniciam com quantidade mais reduzida no ano inicial.

© 2023 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com