XIII ENREHSE - Encontro de Recursos Hídricos em Sergipe (Virtual)

Data: 22/03/2021 à 25/03/2021
Local: Aracaju-SE
Mais informações: http://www.abrhidro.org.br/xiiienrehse

PARÂMETROS QUÍMICOS DA ÁGUA SUBTERRÂNEA NO SEMIÁRIDO SERGIPANO: ANÁLISE PRELIMINAR PARA A DESSEDENTAÇÃO ANIMAL

Código

XIII-ENREHSE0072

Autores

Felipe Lucena Silva de Oliveira, Karen Emanuelle Santos Santana, Paulo Sérgio de Rezende Nascimento

Tema

Hidrologia e Hidrogeologia

Resumo

O semiárido sergipano necessita da utilização de águas subterrâneas para o consumo humano, irrigação e dessedentação animal. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo analisar os parâmetros físico-químicos cloreto, ferro, sulfato, sólidos dissolvidos totais e pH da água subterrânea no semiárido do Estado de Sergipe para o uso na dessedentação. Os dados utilizados foram comparados com os Valores Máximos Permitidos (VMPs) de acordo com a Portaria 357/2005 do CONAMA. O sulfato e o SDT apresentaram as menores quantidades de poços tubulares com valores acima do Valor Médio Permitido (VMP) pela Portaria Nº 357/2005 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), totalizando 19% e 27% dos 262 poços analisados, respectivamente. Por outro lado, o ferro e o cloreto apresentaram as maiores quantidades de poços com valores superiores ao VMP, atingindo 81% e 91%, respectivamente. Esses valores refletem as características climáticas e litológicas e os processos geológicos de intemperismo químico na circulação de água nas fraturas dos aquíferos fraturados predominantes na área de estudo. Como as reservas de água subterrânea possuem um papel fundamental dessedentação e no consumo humano do semiárido sergipano, recomendasse um tratamento físico-químico prévio da água subterrânea para atender a legislação.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com