XIII ENREHSE - Encontro de Recursos Hídricos em Sergipe (Virtual)

Data: 22/03/2021 à 25/03/2021
Local: Aracaju-SE
Mais informações: http://www.abrhidro.org.br/xiiienrehse

DEGRADAÇÃO FOTOCATALÍTICA DE DIAZINON UTILIZANDO TiO2 IMOBILIZADO EM TECIDO DE SÍLICA POR MÉTODO HIDROTÉRMICO

Código

XIII-ENREHSE0066

Autores

THAUANE SELVA LIMA DA SILVA, MYCHELLI ANDRADE SANTOS, JULIANA FACCIN DE CONTO, ELIANE BEZERRA CAVALCANTI, SILVIA MARIA EGUES

Tema

Qualidade e Quantidade da Água

Resumo

A utilização de fotocatalisadores imobilizados é uma necessidade para o uso comercial do processo de fotocatálise heterogênea, uma vez que os fotocatalisadores tais como o TiO2, de modo geral, se apresentam na forma de um pó fino e difícil de ser recuperado. Diferentes métodos de síntese têm sido utilizados com a proposta de obter TiO2 imobilizados em suportes, porém que mantenham suas características fotoativas na região UV. A sílica é um suporte que pode ser utilizado para esse fim, entretanto a sílica como suporte também é um pó branco de difícil recuperação. Para superar este problema e facilitar a reutilização fotocatalítica no final do processo de fotodegradação, muitas pesquisas foram desenvolvidas para imobilizar o fotocatalisador em substratos estáveis. Este trabalho investigou a síntese e imobilização do TiO2 em um tecido de sílica in situ pelo método hidrotérmico em autoclave e por irradiação micro-ondas e aplicou o compósito à degradação fotocatalítica do diazinon à temperatura ambiente utilizando duas lâmpadas ultravioletas. As amostras foram caracterizadas por DRX, DRS e MEV. Na reação fotocatalítica, os compósitos sintetizados por ambos os métodos na temperatura de 140 ºC apresentaram resultados de até 100 % de degradação do Diazinon.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com