XIII ENREHSE - Encontro de Recursos Hídricos em Sergipe (Virtual)

Data: 22/03/2021 à 25/03/2021
Local: Aracaju-SE
Mais informações: http://www.abrhidro.org.br/xiiienrehse

Influência de macrófitas no tratamento de efluentes da ETE da UFS

Código

XIII-ENREHSE0027

Autores

José Anderson Ribeiro de Souza, Vitória Letícia de Jesus Costa, MARTA CRISTINA VIEIRA FARAIAS, Luciana Coêlho Mendonça, Denise Conceição de Gois Santos Michelan

Tema

Saneamento Ambiental e Águas Urbanas

Resumo

Novas tecnologias vêm sendo desenvolvidas com o intuito de tratar efluentes domésticos, a fim de reduzir a poluição dos corpos hídricos em que são lançados. Dessa forma, o uso de wetlands constituídos por macrófitas aquáticas é uma alternativa oportuna devido a seu baixo custo de implantação e alto desempenho. O presente trabalho relata a eficiência das macrófitas presentes no reservatório de acúmulo da ETE da UFS, com o objetivo de melhorar a qualidade do efluente tratado. Para tanto, foram realizado monitoramento físico-químico. Além disso, foi feita a comparação das espécies de macrófitas existentes no reservatório com as indicadas na literatura científica para sistemas de wetlands. A temperatura e o pH do efluente se mantiveram dentro da faixa adequada para lançamento de efluentes, de acordo com a legislação ambiental vigente. No entanto, as macrófitas demonstraram ineficiência na remoção de sólidos e matéria orgânica (cerca de 2%). Dentre as plantas identificadas, somente a Typha domingensis e a Lemna spp. são comumente utilizadas em sistemas de wetlands. Logo, conclui-se que as macrófitas presentes no reservatório de acúmulo não influenciam na qualidade do efluente tratado.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com