XIII ENREHSE - Encontro de Recursos Hídricos em Sergipe (Virtual)

Data: 22/03/2021 à 25/03/2021
Local: Aracaju-SE
Mais informações: http://www.abrhidro.org.br/xiiienrehse

ANÁLISE DA VULNERABILIDADE À EROSÃO HÍDRICA POR GEOTECNOLOGIA

Código

XIII-ENREHSE0001

Autores

Marianne Silva Santos, Paulo Sérgio de Rezende Nascimento

Tema

Hidrossedimentologia

Resumo

A determinação da potencialidade à erosão hídrica, fonte da geração de sedimentos é o ponto de partida para minimizar o processo de assoreamento dos corpos hídricos. Dessa forma, o objetivo do trabalho foi analisar a vulnerabilidade à erodibilidade hídrica da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco no estado de Sergipe, visando definiras áreas mais favoráveis aos processos erosivos e das principais fontes de sedimentos causadores do assoreamento dos recursos hídricos superficiais. A erodibilidade hídrica do solo e rocha foi determinada pela compartimentação da densidade de drenagem fluvial pelo Interpolador Kernel. Apesar das áreas mais vulneráveis aos processos erosivos hídricos representarem cerca de 4% da área de estudo, é importante ressaltar que aproximadamente 26% da bacia apresentaram média vulnerabilidade hídrica. As áreas de florestas são muito inferiores às áreas de pastagens, correspondendo, respectivamente, as proporções de 12% e 77% da extensão total, respectivamente. Posto isso, a grande extensão de pastagens pode intensificar os processos erosivos. É fundamental o manejo adequado para reduzir o escoamento superficial no substrato lito-pedológico e o carreamento de sedimentos para os corpos hídricos, visando não aumentar a fonte de sedimentos erodidos que comprometem a qualidade e quantidade dos corpos d?água superficiais.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com