XXIII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 24/11/2019 à 28/11/2019
Local: Foz do Iguaçu - PR
ISSN: 2318-0358
Mais informações: https://eventos.abrh.org.br/xxiiisbrh/

A VAZÃO DO RIO JAGUARI NO SÉCULO 21 ESTIPULADA COM PROJEÇÕES CLIMÁTICAS REGIONALIZADAS

Código

XXIII-SBRH1497

Autores

Lucas Machado Pontes, Leonardo Moreno Domingues, Mári Ândrea Feldman Firpo, Humberto Ribeiro da Rocha

Tema

10 - Hidrometeorologia, Mudanças Climáticas e Impactos nos Recursos Hídricos

Resumo

A Bacia do Rio Jaguarí é o principal afluente do Sistema Cantareira, que é responsável pelo abastecimento de água de 4,5 milhões de habitantes da Região Metropolitana de São Paulo e que sofre cada vez mais com pressões antrópicas e possíveis mudanças climáticas. Nosso objetivo é discutir os impactos simulados das projeções das mudanças climáticas no balanço de águas superficiais do rio Jaguari usando projeções regionalizadas de longo prazo de modelos climáticos. Utilizou-se o modelo hidrológico SWAT forçado por projeções no intervalo temporal 2006 a 2099, sob três cenários (RCP26, RCP60 e RCP85) e quatro modelos climáticos (GFDL, HadGEM, IPSL e Miroc). Todas as projeções mostraram aumento da temperatura e diminuição da umidade relativa do ar e, para a GFDL, a precipitação diminuiu substancialmente, especialmente no cenário RCP85, enquanto outros modelos apresentaram precipitação crescente. A vazão calculada foi reduzida (fluxo máximo, médio e mínimo) no caso do GFDL, enquanto para outros modelos a descarga pareceu aumentar. Concluímos que nem as projeções nem nossas simulações de vazão mostraram consenso absoluto usando esses modelos, nos quais a precipitação desempenhou um papel importante na vazão de água futura, enquanto a evapotranspiração a afetou menos.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com