XXIII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 24/11/2019 à 28/11/2019
Local: Foz do Iguaçu - PR
ISSN: 2318-0358
Mais informações: https://eventos.abrh.org.br/xxiiisbrh/

A IMPORTANCIA DA INTERPRETAÇÃO FÍSICA DO SISTEMA NA MODELAGEM DE INUNDAÇÕES URBANAS

Autores

MATHEUS MARTINS DE SOUSA, Antonio Krishnamurti Beleño de Oliveira, Bianca Maria Gomes da Silva, Osvaldo Moura Rezende, PAULO CANEDO DE MAGALHAES, MARCELO GOMES MIGUEZ

Tema

08 - Águas Urbanas

Resumo

A modelagem computacional aplicada para simulação de inundações ganhou espaço nos últimos anos como uma ferramenta eficiente e de fácil uso. A utilização de modelos matemáticos 2D vem aumentando devido à evolução tecnológica na aquisição e tratamento de dados. No entanto, a escolha de modelos 2D nem sempre é acompanhada por uma demanda física real que justifique esse uso. Este estudo tem como objetivo apresentar uma modelagem alternativa, a fim de trazer de volta a interpretação física para uma posição primária e destacar o papel do modelador como elementos-chave na interpretação e representação de sistemas reais. É utilizado um modelo de células Quasi-2D construído de forma conceitual e interpretativa, como uma alternativa ao uso de modelos 2D, mantendo o mesmo grau de representatividade. Como vantagem, destaca-se a representação de características urbanas, incluindo singularidades na solução de superfície como obstáculos locais ou estruturas hidráulicas. O modelo foi submetido a um teste proposto pela Agência Ambiental Britânica, como forma de avaliação de sua potencialidade. Os resultados demonstraram a importância da interprentação do modelador, enfatizando que o conhecimento da realidade física, bem como as hipóteses e simplificações adotadas na construção do modelo, garantem uma simulação otimizada e a qualidade dos resultados pretendidos.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com