XXIII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 24/11/2019 à 28/11/2019
Local: Foz do Iguaçu - PR
ISSN: 2318-0358
Mais informações: https://eventos.abrh.org.br/xxiiisbrh/

A IMPORTANCIA DA INTERPRETAÇÃO FÍSICA DO SISTEMA NA MODELAGEM DE INUNDAÇÕES URBANAS

Código

XXIII-SBRH0884

Autores

MATHEUS MARTINS DE SOUSA, Antonio Krishnamurti Beleño de Oliveira, Bianca Maria Gomes da Silva, Osvaldo Moura Rezende, PAULO CANEDO DE MAGALHAES, MARCELO GOMES MIGUEZ

Tema

08 - Águas Urbanas

Resumo

A modelagem computacional aplicada para simulação de inundações ganhou espaço nos últimos anos como uma ferramenta eficiente e de fácil uso. A utilização de modelos matemáticos 2D vem aumentando devido à evolução tecnológica na aquisição e tratamento de dados. No entanto, a escolha de modelos 2D nem sempre é acompanhada por uma demanda física real que justifique esse uso. Este estudo tem como objetivo apresentar uma modelagem alternativa, a fim de trazer de volta a interpretação física para uma posição primária e destacar o papel do modelador como elementos-chave na interpretação e representação de sistemas reais. É utilizado um modelo de células Quasi-2D construído de forma conceitual e interpretativa, como uma alternativa ao uso de modelos 2D, mantendo o mesmo grau de representatividade. Como vantagem, destaca-se a representação de características urbanas, incluindo singularidades na solução de superfície como obstáculos locais ou estruturas hidráulicas. O modelo foi submetido a um teste proposto pela Agência Ambiental Britânica, como forma de avaliação de sua potencialidade. Os resultados demonstraram a importância da interprentação do modelador, enfatizando que o conhecimento da realidade física, bem como as hipóteses e simplificações adotadas na construção do modelo, garantem uma simulação otimizada e a qualidade dos resultados pretendidos.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com