XXIII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 24/11/2019 à 28/11/2019
Local: Foz do Iguaçu - PR
ISSN: 2318-0358
Mais informações: https://eventos.abrh.org.br/xxiiisbrh/

ALTERAÇÕES DE VARIÁVEIS HIDROGEOMORFOLÓGICAS DO RIO GUALAXO DO NORTE PELO ROMPIMENTO DA BARRAGEM DE FUNDÃO (MARIANA, MG)

Autores

victor josé brey-gil brito de carvalho, LUIZ FERNANDO DE PAULA BARROS, MIGUEL FELIPPE, ANTÔNIO PEREIRA MAGALHÃES JUNIOR, Diego Rodrigues Macedo

Tema

06 - Hidrossedimentologia

Resumo

Em 5 de novembro de 2015 ocorreu o rompimento da barragem de fundão, no Município de Mariana em Minas Gerais, liberando 34 milhões de m³ de rejeitos e causando diversos impactos ambientais, sociais e econômicos. Esse trabalho tem como objetivo compreender como os rejeitos alteraram a dinâmica de ajuste do canal do rio Gualaxo do Norte, diretamente afetado pelo rompimento. Não tendo sido atingido pelos rejeitos, o rio do Carmo foi adotado como referência para comparação devido às semelhanças hidrogeomorfológicas. Foram calculados parâmetros da geometria hidráulica de ambos os rios com base em dados de duas estações fluviométricas, uma no rio Gualaxo do Norte e uma no rio do Carmo, entre os anos de 2000 a 2015 (antes do rompimento) e 2016 a 2018 (depois do rompimento). Os parâmetros de vazão (Q), largura (w), profundidade (d) e velocidade (v) foram avaliados através de diagramas de dispersão e testes estatísticos. Os resultados apontam para modificações no canal do rio Gualaxo do Norte, enquanto o rio do Carmo não apresentou modificações significativas, como esperado. Com isso pode-se concluir que os rejeitos alteraram o equilíbrio do canal afetado e este sofreu processos de reajustes após o acréscimo de carga sedimentar.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com