XIV SRHNE - SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS DO NORDESTE

Data: 20/11/2018 à 24/11/2018
Local: Maceió - AL
ISSN: 2359-1900
Mais informações: https://www.abrh.org.br/xivsrhne

CARACTERÍSTICAS HIDROQUÍMICAS DA ÁGUA DA SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO POXIM - SERGIPE

Código

10391

Autores

José do Patrocínio Hora Alves, Maria Hortência Rodrigues Lima2, Nívia Raquel Oliveira Alencar, Josefa Raimunda Dória1, Adnivia Santos Costa Monteiro, Nívia Raquel Oliveira Alencar

Tema

08. Hidrologia e hidrogeologia

Resumo

Nesse estudo foram investigados, usando o digrama de Gibbs e as razões iônicas, os mecanismos que controlam a hidrogeoquímica da água da sub-bacia do rio Poxim, no estado de Sergipe. Amostras de água de superfície foram coletadas no período seco de 2005 e chuvoso de 2006 em 15 estações distribuídas ao longo da sub-bacia, e nos períodos seco e chuvoso de 2013 e 2014, apenas nas estações 5, 8, 12 e 15. As amostras foram analisadas para determinação dos seguintes parâmetros: temperatura, pH, sólidos totais dissolvidos, sódio, potássio, cálcio, magnésio, cloreto, sulfato e bicarbonato. A abundancia iônica ocorreu na seguinte ordem Na > Ca > Mg e HCO3 > Cl > SO4. O diagrama de Gibbs indicou a interações água ? rocha e a precipitação pluviométrica como principais fatores que controlam a hidrogeoquímica dos constituintes dissolvidos na água. Através das razões iônicas foi possível inferir que o sódio na água foi originário da dissolução da halita, do sal marinho carreado através da deposição atmosférica e do processo de troca iônica resultante do intemperismo dos silicatos. As concentrações de cálcio e magnésio estão associadas à dissolução da calcita, dolomita e gesso, com uma redução nos valores de cálcio, em função do processo de troca iônica.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com