XIV SRHNE - SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS DO NORDESTE

Data: 20/11/2018 à 24/11/2018
Local: Maceió - AL
ISSN: 2359-1900
Mais informações: https://www.abrh.org.br/xivsrhne

CARACTERIZAÇÃO PRELIMINAR DO CLIMA DE ONDAS INCIDENTES NA REGIÃO FRONTAL À LAGOA DE GUARAÍRAS

Autores

Ada Cristina Scudelari, José Eduardo Carneiro Barros

Tema

08. Hidrologia e hidrogeologia

Resumo

O conhecimento do clima de ondas incidentes numa praia é determinante para um efetivo planejamento e gestão das áreas costeiras, por ser uma das principais forças atuantes no transporte de sedimentos. Esse conhecimento é ainda mais importante em áreas estuarinas, em que a maré e as ondas influenciam na hidrodinâmica de embocadura de rios e lagunas, como é o caso da Lagoa de Guaraíras. No presente estudo foi utilizado o modelo computacional SMC-Brasil para caracterizar o clima de ondas da área frontal a Laguna de Guaraíras região esta que apresenta relevante importância para a economia do estado, forte valor hidroambiental e um contexto de erosão costeira ativa. O SMC-Brasil dispõe de uma base de dados confiáveis e validados, que incluem diversos pontos, ou nós, ao longo da costa brasileira contendo séries de 60 anos de dados de onda, os chamados pontos DOW (Downscalled Ocean Waves). Um método estatístico adequado para escolher um ponto representativo também foi descrito neste trabalho. Constatou-se uma predominância de ondas vindas do quadrante Leste-Sudeste (ESE), com altura e período de 1,43m e 7,3s em condições regulares; seguida por Leste (E) com 1,39m e 7,9s; e por último Leste Nordeste (ENE) com 1,3m e 10,8s.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com