XII ENAU - ENCONTRO NACIONAL DE ÁGUAS URBANAS

Data: 20/11/2018 à 24/11/2018
Local: Maceió - AL
ISSN: 2359-1897
Mais informações: https://www.abrh.org.br/xivsrhne

AVALIAÇÃO DA ESTIMATIVA DE PRECIPITAÇÃO EFETIVA PARA SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS DO ARROIO DILÚVIO ? PORTO ALEGRE/RS

Código

10763

Autores

Lairanne Costa de Oliveira, Adriano Rolim da Paz, Lukas Barbosa Veiga de Melo, Roanny Viana de Barros

Tema

03. Processos hidrológicos e modelagem em áreas urbanas

Resumo

O método da Curva Número do Natural Resources Conservation Service (NRCS-CN) é um dos mais simples e utilizados para estimar a precipitação efetiva. Entretanto, por ter sido elaborado para bacias hidrográficas com perfis específicos, vários autores questionam o seu uso generalizado. Uma das críticas mais frequentes feitas ao método é o fato do coeficiente de abstração inicial (?) ter seu valor fixado em 0,2. Nesse contexto, foi avaliada a estimativa da precipitação efetiva para cinco sub-bacias hidrográficas pertencentes à bacia do Arroio Dilúvio, em Porto Alegre (RS), por meio da análise do desempenho do método do NRCS-CN calculado com diferentes valores de ?, e também de formulações alternativas. Para isso, foram utilizadas séries de chuva-vazão disponíveis para cada sub-bacia. Então, foram comparados os resultados das precipitações efetivas calculadas com as observadas. A partir dos resultados, tornou-se possível concluir que o método original do NRCS não é satisfatório para representar a precipitação efetiva observada nas sub-bacias do Arroio Dilúvio. Indicando que o ? deve ser calibrado a partir de séries chuva-vazão disponíveis para a área de estudo. Já os modelos analisados demonstraram ser consistentes na estimativa da precipitação efetiva, porém também apresentaram falhas, devendo ser utilizados com cautela.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com