III SRHPS - Simpósio de Recursos Hídricos do Rio Paraíba do Sul

Data: 27/08/2018 à 29/08/2018
Local: Juiz de Fora - MG
Mais informações: http://www.ufjf.br/srhps/

ANÁLISE DA TENDÊNCIA DA QUALIDADE DAS ÁGUAS SUPERFICIAIS DA PORÇÃO MINEIRA DA BACIA DO PARAÍBA DO SUL

Código

C7001

Autores

JULIA PIAZI DE LIMA, FREDERICO WAGNER DE AZEVEDO LOPES

Tema

Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Resumo

A bacia do rio Paraíba do Sul apresenta importância significativa para região sudeste do país no âmbito estratégico e econômico, devido ao uso de suas águas para abastecimento do estado do Rio de Janeiro, além da produção de areia gerada na região e a provisão de energia elétrica proveniente das usinas encontradas na região. Entretanto, a bacia apresenta sérios problemas ambientais associados ao lançamento de efluentes domésticos sem tratamento da maioria dos municípios que corta e a atividade minerária de areia, que vem aumentando a erosão da região, e causando o assoreamento. Neste contexto, este trabalho tem como objetivo avaliar a qualidade das águas da porção mineira da bacia do Paraíba do Sul através de testes de tendência temporal no período de 1997 a 2017 para os parâmetros coliformes termotolerantes, oxigênio dissolvido, pH, fósforo total e nitrogênio amoniacal. Foi realizado um tratamento sistemático do banco de dados, analisados possíveis outliers através do software PRO-UCL e foram realizados testes estatísticos, inicialmente para determinar se havia influência da sazonalidade - períodos secos e chuvosos (teste t de Student), e depois de tendência (teste sazonal de Mann Kendall e teste de Mann Kendall) para avaliar se os dados apresentavam tendência de aumento, diminuição ou ausência de tendência para os parâmetros analisados. O parâmetro coliformes termotolerantes apresentou tendências de aumento para a maioria dos pontos analisados, indicando lançamento inadequados de esgotos sobre cursos d'água, deteriorando a qualidade das águas. O parâmetro oxigênio dissolvido apresentou alguns pontos com tendência de diminuição (indicativos de deterioração da qualidade das águas) nos rios Paraibuna e Muriaé, enquanto para o parâmetro fósforo foram verificadas tendências negativas, provável resultado de alguma medida de conservação no afluente rio Pomba. De maneira geral, as duas sub-bacias analisadas impactam no curso d'água e comprovam os efeitos deletérios de lançamentos de efluentes sem tratamento, reforçando a necessidade de planejamento de medidas que promovam uma melhora do saneamento básico e controle dos nutrientes utilizados para agricultura.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com