XXII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 26/11/2017 à 01/12/2017
Local: Florianópolis - SC
ISSN: 2318-0358
Mais informações: http://www.abrh.org.br/xxiisbrh

ADAPTAÇÃO DE EQUIPAMENTOS URBANOS PARA APLICAÇÃO DE MEDIDAS COMPENSATÓRIAS

Código

PAP022647

Autores

renata locarno frota, Anísio de Sousa Meneses Filho, Victor Costa Porto, Francisco de Assis de Souza Filho

Tema

13 - Manejo de águas urbanas

Resumo

Nas grandes cidades é muito comum deparar-se com situações de transtorno relacionadas às inundações, pois o aumento da área impermeabilizada não permite a infiltração, aumentando o escoamento superficial e o pico do volume escoado. O trabalho propõe um reservatório de detenção, localizado num trecho crítico de inundação na Av. Heráclito Graça com Rua Idelfonso Albano, na Praça Bárbara de Alencar, que pertence à bacia de contribuição do riacho Pajeú. É proposta uma adaptação da praça como forma de reaproveitamento dos equipamentos urbanos existes. O reservatório de detenção, uma técnica compensatória, que é considerado como um meio de ajustar a drenagem urbana, amenizando o que é causado pelo alto índice de impermeabilização, reduzindo o pico de vazão, além de trazer melhorias para outras áreas, como a da saúde pública, por exemplo. Foi utilizado o Método Racional Modificado para encontrar o hidrograma de entrada e o Método de Puls para a propagação no reservatório. Fez-se várias simulações com diferentes tamanhos de bacias de contribuição e tempos de retorno. Verificou-se que a melhor alternativa, ou seja, aquela que apresenta maior redução na vazão de pico, seria uma área de contribuição de 10 hectares e com um período de retorno de 10 anos.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com