XXII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 26/11/2017 à 01/12/2017
Local: Florianópolis - SC
ISSN: 2318-0358
Mais informações: http://www.abrh.org.br/xxiisbrh

ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE CASOS NOTIFICADOS DE DENGUE E INDICADORES DE SANEAMENTO BÁSICO E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CAPIBARIBE A PARTIR DO SIG

Código

PAP022336

Autores

FERNANDA GABRIELA SANTOS DE OLIVEIRA, RAISSA SOUZA GOMES DA SILVA, Ioná Maria Beltrão Rameh Barbosa, MARIA TEREZA DUARTE DUTRA

Tema

1 - Governança e gestão de recursos hídricos

Resumo

No Brasil, alguns fatores são apontados como grandes responsáveis pela disseminação da doença transmitida pelo Aedes aegypti, tais como, a ausência ou ineficiência dos serviços de saneamento básico e distribuição de água. Neste sentido, o objetivo deste estudo foi utilizar o Sistema de Informações Geográficas (SIG) como ferramenta para analisar a relação entre os casos notificados de dengue no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) em 2012 e o número de pessoas atendidas pelos serviços de coleta de resíduos, coleta e tratamento de esgoto e distribuição de água em 42 municípios da Bacia do Capibaribe. A partir da comparação do mapa síntese dos indicadores, obtido pelo método de álgebra de mapas, e do mapa contendo os casos de dengue reportados no SINAN, concluiu-se que os indicadores isoladamente não influenciaram no aumento da notificação de dengue. Logo, outras variáveis, como adensamento populacional, clima, condição de moradia, sexo, idade, instrução e renda, podem estar agindo em conjunto com os indicadores para aumentar os casos de dengue. Ademais, suspeita-se que a subnotificação de casos possa ter gerado resultado falso-negativo.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com