XXII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 26/11/2017 à 01/12/2017
Local: Florianópolis - SC
ISSN: 2318-0358
Mais informações: http://www.abrh.org.br/xxiisbrh

ANÁLISE DA CADEIA CAUSAL NA BACIA DO RIO IGUAÇU

Código

PAP022031

Autores

GLEICIANE FERNANDA DE CARVALHO BLANC, Ellen Christine Prestes Ferronato, Tania Lucia Graf de Miranda

Tema

1 - Governança e gestão de recursos hídricos

Resumo

A bacia hidrográfica do Rio Iguaçu, maior bacia do Estado do Paraná, sofre com a alta degradação, necessitando de ações de revitalização. Entretanto, para definição dessas ações é necessário primeiramente encontrar as reais causas dos problemas da bacia. Para tanto foi aplicada a metodologia de análise da cadeia causal na bacia a partir de cinco temas prioritários: poluição hídrica; degradação do solo e assoreamento; alteração da disponibilidade hídrica; alteração da biodiversidade; e fragilidade econômica, política e institucional. Como resultado foram identificadas as causas raízes recorrentes para esses problemas, como a falta de investimentos em setores estratégicos como saneamento e segurança pública, a falta de conscientização do papel da população na preservação dos recursos hídricos, deficiências de suporte institucional de entidades governamentais e a falta de integração de políticas públicas.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com