XXII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 26/11/2017 à 01/12/2017
Local: Florianópolis - SC
ISSN: 2318-0358
Mais informações: http://www.abrh.org.br/xxiisbrh

A CRISE HÍDRICA VERIFICADA ENTRE 2013 E 2015 EM SÃO PAULO E SUAS CONSEQUÊNCIAS: OS PREJUDICADOS E OS BENEFICIADOS PELA GESTÃO DAS ÁGUAS

Código

PAP021870

Autores

MARCELO DE SOUZA CALMON, Vanderlei de Oliveira Ferreira

Tema

1 - Governança e gestão de recursos hídricos

Resumo

A discussão sobre o abastecimento público de água está presente no cotidiano da população brasileira, assumindo maior destaque a partir de 2013. A chamada crise hídrica foi a expressão usada para evidenciar a situação crítica a que chegaram os sistemas de abastecimento de água das regiões metropolitanas do sudeste brasileiro, especialmente na cidade de São Paulo, maior metrópole do país. Foram levantadas muitas justificativas para a instalação de tal cenário, dentre elas o aquecimento global, a variabilidade climática e seus desdobramentos no ciclo hidrológico. Em um plano menos enfático e menos recorrente se conferiu responsabilidades às instâncias gerenciais nas esferas federal, estadual e municipal. O presente artigo analisa e discute tal quadro, procurando levantar aspectos críticos, os desdobramentos e consequências para a população e também os beneficiados que aproveitam das crises, quando interesses coletivos fundamentais estão em disputa.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com