III END - Encontro Nacional de Desastres da ABRHidro

Data: 06/03/2023 à 09/03/2023
Local: Niterói-RJ
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/iiiend

ANÁLISE COMPARATIVA DA MODELAGEM PARA MAPEAMENTO DE SUSCETIBILIDADE À INUNDAÇÃO, NAS SUB-BACIAS RIO DA PRATA DO MENDANHA E CAMPINHO, MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

Código

III-END0135

Autores

André Luiz da Silva Filho, Vivian Castilho da Costa

Tema

02. Eventos em pequenas bacias

Resumo

A presente pesquisa possui objetivo analisar comparativamente modelagens em SIG para mapeamentos de áreas suscetíveis à inundação nas sub-bacias Rio da Prata do Mendanha e Campinho, no município do Rio de Janeiro.Utilizou-se dados do Projeto RJ-25, IBGE (2018). Os limites de sub-bacias foram gerados de forma semiautomática em SIG, além dos limites de bairros e da AP5, e uso e cobertura da terra de 2017, que foram obtidos através de geoserviços do Data Rio e GeoINEA. Para a compreensão histórica das mudanças socioeconômicas na área de estudo foram utilizados dados dos Censos 2000 e 2010, e notícias nos sites das principais mídias na internet sobre os eventos extremos de precipitação ocorridos em 1998, 2000, 2010, 2018 e 2019. Para identificação das áreas suscetíveis a inundação foi utilizado o modelo HAND, cujo resultado foi ajustado ao Modelo Digital de Terreno Hidrologicamente Consistido (MDT-HC). Para validação dos resultados da modelagem foram utilizados dados de trabalhos de campo. Os resultados obtidos por meio do modelo HAND (validado por MDT-HC e campo) apresentou maior precisão e acurácia em comparação ao mapeamento das áreas suscetíveis à inundações realizado pelo CPRM (2017). Apesar de ambos os métodos utilizarem a mesma escala de análise (1:25.000), o modelo apresentado pelo HAND demonstrou uma redução nas áreas de maior suscetibilidade no geral, já que ao todo são 7,33 km2 contra 10,05 km2 apresentado pela CPRM, sendo o bairro de Campo Grande (RJ), inserido nas sub-bacias do Mendanha e Campinho, com maior quantitativo de áreas passíveis de inundações (4,54 km2).

© 2024 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com