III END - Encontro Nacional de Desastres da ABRHidro

Data: 06/03/2023 à 09/03/2023
Local: Niterói-RJ
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/iiiend

CLASSIFICAÇÃO DE FLUXOS DE DETRITOS A PARTIR DE CARACTERIZAÇÃO MORFOMÉTRICA

Código

III-END0064

Autores

Clarissa Guerra Salvador, Gean Paulo Michel

Tema

10. Movimentos de massa

Resumo

Grande parte das referências descreve os fluxos de detritos como um movimento rápido restritamente inserido em um canal de drenagem, apesar de sua ocorrência também afetar áreas de encosta aberta, sem manifestação de vertentes encaixadas. Essa diferenciação de ocorrência dos fluxos de detritos permite classificá-los em fluxos de detritos canalizados e de encosta aberta, embora existam poucas metodologias e critérios objetivos que permitam identificar cada uma das classes. Em vista disso o presente trabalho propôs uma classificação das cicatrizes de fluxos de detritos em função da relação entre largura e comprimento do fluxo, uma vez que espera-se de fluxos de detritos canalizados um comportamento de largura mais constante ao longo do trajeto, e uma maior dispersão dos fluxos de encosta aberta. O agrupamento das cicatrizes foi feito por cluster hierárquico considerando o coeficiente de correlação e o expoente de uma equação potencial ajustada para cada cicatriz. Foram gerados dois grandes grupos de comportamento semelhante, permitindo associá-los com cada uma das classes. A diferenciação e classificação dos fluxos de detritos pode ser relevante e auxiliar tanto na compreensão e identificação do movimento, como em metodologias de análise de suscetibilidade a esses eventos.

© 2024 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com