XVI SRHNe - Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste e 15º SILUSBA - Simpósio de Hidráulica e Recursos Hídricos dos Países de Língua Portuguesa

Data: 06/11/2022 à 11/11/2022
Local: Caruaru - PE
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xvisrhne

COLABORAÇÃO INSTITUCIONAL PARA O PLANEJAMENTO DOS RECURSOS HIDRICOS - O CASO DE FORTALEZA, CEARÁ

Código

XVISRHNE0293

Autores

Tereza Margarida Xavier de Melo Lopes, SAMÍRIA MARIA OLIVEIRA DA SILVA, Francisco de Assis de Souza Filho, Taís Maria Nunes Carvalho, Everton Jhons Goes Silva Soares

Tema

2. Gestão do território e da Oferta de água: efetividade de ações integradas para o desenvolvimento sustentável

Resumo

Este trabalho objetiva avaliar a posição e força das instituições integrantes do planejamento de recursos hídricos de Fortaleza (CE) por meio da Matriz de Alianças e Conflitos: Táticas, Objetivos e Recomendações (MACTOR). O método compõe-se em quatro etapas principais: i) seleção dos principais atores do sistema e compreensão de suas estratégias; ii) caracterização dos objetivos de cada ator; iii) avaliação de influências entre os atores e diagnóstico das relações de força; e iv) identificação de convergências e divergências de atuação. Ao final, os atores selecionados foram classificados em quatro tipos: atores de ligação, motrizes, dependentes e independentes. A COGERH, por exemplo, é classificada como ator de ligação, por conta da alta influência no planejamento, mas alta dependência a outros atores do sistema. Já a CAGECE é classificada como ator dependente, visto que atua na destinação final da água à população, não atuando fortemente na tomada de decisões dos recursos hídricos. Além disso, conclui-se que não há divergências entre os objetivos dos stakeholders. Esses resultados auxiliam na gerência dos arranjos institucionais e conflitos no âmbito dos recursos hídricos.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com