XVI SRHNe - Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste e 15º SILUSBA - Simpósio de Hidráulica e Recursos Hídricos dos Países de Língua Portuguesa

Data: 06/11/2022 à 11/11/2022
Local: Caruaru - PE
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xvisrhne

AVALIAÇÃO DE FATORES QUE INTERFEREM NA DECLARAÇÃO DE DADOS DE RESÍDUOSSÓLIDOS PARA O SISTEMA NACIONAL DE INFORMAÇÕES SOBRE O SANEAMENTO (SNIS)

Código

XVISRHNE0220

Autores

Cristiano Júnio dos Santos Feitosa, Carlos Henrique Ribeiro Lima

Tema

13. Novo Marco Regulatório do Saneamento Básico

Resumo

Este artigo utiliza técnicas de análise multivariada como análise de componentes principais (PCA) e k-means para identificar padrões e avaliar fatores que interferem na prestação de informações de resíduos sólidos por parte dos municípios para o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). A aplicação da técnica PCA revelou as variáveis que explicam a maior parte da variabilidade das informações sobre resíduos sólidos disponibilizadas pelo SNIS. A técnica de k-means foi então utilizada para dividir as componentes principais em três grupos, que mostraram características distintas quanto à prestação de serviços públicos de resíduos sólidos. Finalmente, um modelo linear generalizado (GLM) foi aplicado para compreender quais características dos municípios afetam a disponibilização de determinados indicadores. Observou-se que a magnitude dos fatores intervenientes é função do agrupamento obtido para as componentes principais, sendo que, de maneira geral, a disponibilização dos dados pelos municípios varia principalmente em função da região brasileira, PIB per capita e população total. Percebe-se que a probabilidade de fornecer informações é menor para as regiões nordeste e norte e aumenta de acordo com o PIB per capita e população total do município.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com