XVI SRHNe - Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste e 15º SILUSBA - Simpósio de Hidráulica e Recursos Hídricos dos Países de Língua Portuguesa

Data: 06/11/2022 à 11/11/2022
Local: Caruaru - PE
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xvisrhne

Avaliação da Vulnerabilidade à Poluição dos Aquíferos Pouco Profundos de Ondjiva e Arredores

Código

XVISRHNE0187

Autores

Denilse dos Reis Machado, Gabriel Luís Miguel, Arthur Freitas

Tema

9. Geoprocessamento e sensoriamento remoto aplicado a Recursos Hídricos

Resumo

A crescente necessidade de se suprir o défice de água para o consumo humano, associado ao facto de que as maiores reservas de água doce se encontram nos aquíferos, leva à uma consciencialização da conservação deste recurso, que algumas vezes pode estar sob condições de vulnerabilidade à poluição e/ou contaminação. Assim, o presente trabalho tem como objectivo principal determinar áreas susceptíveis à poluição das águas subterrâneas dos aquíferos mais superficiais de Ondjiva e Arredores, considerando apenas as características do meio subterrâneo. A área de estudo compreende 15.112,583 Km2 albergando 7 comunas da província do Cunene, situada na região sul de Angola, inserida na Bacia Hidrográfica do Cuvelai-Etosha. Foram inventariados 162 pontos de águas de diferentes fontes, onde foram medidos parâmetros físico-químicos como o pH, condutividade eléctrica e temperatura, dos quais, foram recolhidas 25 amostras de águas, posteriormente submetidas à análise de iões maioritários e à análise de isótopos estáveis; e ensaios geotécnicos e hidráulicos para 15 amostras de materiais sólidos. Para a determinação do índice de vulnerabilidade à poluição dos aquíferos pouco profundos de Ondjiva e Arredores foi utilizado o método de Processo de Hierarquia Analítica (AHP). O mapeamento apontou a comuna de Chiede como a localidade mais crítica.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com