XVI SRHNe - Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste e 15º SILUSBA - Simpósio de Hidráulica e Recursos Hídricos dos Países de Língua Portuguesa

Data: 06/11/2022 à 11/11/2022
Local: Caruaru - PE
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xvisrhne

AVALIAÇÃO DE REDES DE DRENAGEM DEGRADADAS A PARTIR DE MODELOS DIGITAIS DO TERRENO DE ALTA RESOLUÇÃO ESPAC

Código

XVISRHNE0179

Autores

Ana Alice Rodrigues Dantas Almeida, Rafael Carneiro de Souza Barros, Natalia Maria Mendes Silva, Adriano Rolim da Paz

Tema

9. Geoprocessamento e sensoriamento remoto aplicado a Recursos Hídricos

Resumo

A disponibilidade de dados de Modelos Digitais do Terreno (MDT) de alta resolução espacial é crescente. No entanto, este tipo de MDT requer grande esforço computacional, o que pode tornar inviável o uso para determinadas aplicações, sendo necessária a degradação da informação, ou seja, trabalhar com resolução espacial mais grosseira. Este estudo avaliou duas abordagens para obter redes de drenagem de resolução espacial degradada (30 m e 100 m) a partir dos dados de MDT de levantamento a laser (LiDAR): a reamostragem do MDT por média e um algoritmo de upscaling de direções de fluxo. A sub-bacia hidrográfica do riacho do Algodão (Pernambuco) é tomado como estudo de caso e quatro métodos são utilizados para avaliação das redes: inspeção visual, delimitação de bacia hidrográfica, comprimento do rio principal e distância média entre as redes. Os resultados mostraram que em geral o algoritmo de upscaling apresentou melhor desempenho em todas as técnicas de avaliação do que a abordagem da reamostragem do MDT e que essa diferença aumenta com a maior degradação da resolução espacial. Demonstra-se a relevância de obter redes de drenagem degradas via upscaling de direções de fluxo, mesmo para escalas tão refinadas como as envolvendo dados LiDAR.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com