XVI SRHNe - Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste e 15º SILUSBA - Simpósio de Hidráulica e Recursos Hídricos dos Países de Língua Portuguesa

Data: 06/11/2022 à 11/11/2022
Local: Caruaru - PE
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xvisrhne

ANÁLISE MULTITEMPORAL DO USO E OCUPAÇÃO E DA QUALIDADE DO SOLO DE UM RESERVATÓRIO DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO

Código

XVISRHNE0174

Autores

Giulliana Karine Gabriel Cunha, KARINA PATRÍCIA VIEIRA DA CUNHA

Tema

2. Gestão do território e da Oferta de água: efetividade de ações integradas para o desenvolvimento sustentável

Resumo

As zonas ripárias exercem funções ecossistêmicas que auxiliam na manutenção do meio. Essas áreas quando substituídas por usos antrópicos, ampliam a degradação do solo e sua atuação como fonte de poluição difusa aos corpos hídricos. Em zonas ripárias, a degradação do solo amplia sua atuação como fonte difusa de nutrientes, como o fósforo, para os mananciais. O objetivo deste estudo é analisar a influência do uso e ocupação do solo, em uma escala multitemporal, nos atributos fisícos e químicos do solo.Para isto, foi estudada a zona ripária de Cruzeta/RN sob diferentes usos antrópicos, os atributos físicos e químicos do solo, densidade de partículas, densidade de solo, porosidade total, granulometria, pH, matéria orgânica e fosfóro disponível. Através da classificação supervisionada de imagens foram encontradas três classes de uso e ocupação do solo: vegetação nativa, solo exposto e agricultura. A partir dos dados obtidos foram realizadas análise descritiva, e correlação de Pearson. A agricultura e o solo exposto são as classes de uso que mais degradaram o solo ao longo do período de estudo, ampliando o potencial deste atuar como fonte difusa de nutrientes para o corpo hídrico

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com