XVI SRHNe - Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste e 15º SILUSBA - Simpósio de Hidráulica e Recursos Hídricos dos Países de Língua Portuguesa

Data: 06/11/2022 à 11/11/2022
Local: Caruaru - PE
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xvisrhne

AVALIAÇÃO DA CORRELAÇÃO ENTRE A ELEVAÇÃO E PRECIPITAÇÃO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO BRÍGIDA, PERNAMBUCO

Código

XVISRHNE0170

Autores

Lizandra de Barros de Sousa, Abelardo Antônio de Assunção Montenegro, Jorge Manuel Guieiro Pereira Isidoro

Tema

9. Geoprocessamento e sensoriamento remoto aplicado a Recursos Hídricos

Resumo

Os dados de precipitação são essenciais para o entendimento do padrão de variabilidade climática no espaço e tempo para adequada compreensão dos processos hidrológicos e gerenciamento dos recursos hídricos. O objetivo deste estudo foi avaliar a correlação da elevação nos dados de precipitação de anos extremos (seco e chuvoso) de uma bacia semiárida do Nordeste brasileiro (NEB), a Bacia hidrográfica do Rio Brígida, Pernambuco. Os dados de precipitação do Climate Hazards Group InfraRed Precipitation with Station (CHIRPS) foram utilizados em uma série temporal de 2007 a 2017, comparando-se com dados observados de 40 estações meteorológicas. Os dados foram submetidos à estatística clássica e análise geoestatística, sendo adotado o método de cokrigagem ordinária (CKO) para o mapeamento da distribuição espacial das chuvas. Verificou-se similaridade entre os dados observados e os estimados pelo CHIRPS. Há maior correlação entre a precipitação e a elevação no ano chuvoso do que no ano seco. O modelo que melhor se ajustou aos semivariogramas cruzados foi o gaussiano. Os modelos apresentaram forte dependência espacial dos dados para todos os anos adotados. Através dos mapas de cokrigagem verificou-se que a quantidade de chuvas na bacia aumenta com a elevação.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com