XVI SRHNe - Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste e 15º SILUSBA - Simpósio de Hidráulica e Recursos Hídricos dos Países de Língua Portuguesa

Data: 06/11/2022 à 11/11/2022
Local: Caruaru - PE
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xvisrhne

AVALIAÇÃO DA RELAÇÃO ENTRE PRECIPITAÇÕES EXTREMAS EM 2022 E A IMINÊNCIA DE DESLIZAMENTOS, EM RECIFE

Código

XVISRHNE0166

Autores

Cristiane Ribeiro de Melo, Paulo Abadie Guedes, Solange Cavalcanti de Melo

Tema

1. Mudanças Climáticas e Águas Continentais e costeiras

Resumo

Nos últimos anos as mudanças climáticas têm afetado o planeta, aumentando os riscos relacionados às secas e precipitações extremas. São diversos os impactos sociais associados ao excesso de chuva, tais como enchentes e movimentos de massa. Diante do exposto, o presente trabalho tem como objetivos avaliar as chuvas registradas em maio e junho de 2022 em relação à série histórica e avaliar a relação entre a pluviosidade e a iminência de deslizamentos em Recife/PE. Neste contexto, conclui-se que a cidade apresentou para o ano de 2022 precipitações muito acima do esperado histórico para a quadra chuvosa. Os meses de maio e junho apresentaram totais mensais acima do dobro do valor médio esperado. No período, houve 07 dias de Chuva Muito Forte (CMF), considerados potencialmente danosos ao município. Dois destes dias foram classificados como de Chuva Muito Extrema, com probabilidade de tais intensidades serem igualadas ou superadas de 4% e 2%. O volume acumulado infiltrado durante os meses que antecederam maio, associados às fortes chuvas diárias, contribuíram para os deslizamentos ocorridos. Mesmo com os movimentos de massa mais danosos ocorrendo após o dia 25/05/22, observa-se que pela metodologia de Gusmão Filho et al. (1987) a cidade já apresentava iminência de deslizamentos.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com