XVI SRHNe - Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste e 15º SILUSBA - Simpósio de Hidráulica e Recursos Hídricos dos Países de Língua Portuguesa

Data: 06/11/2022 à 11/11/2022
Local: Caruaru - PE
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xvisrhne

CIDADES COSTEIRAS E MUDANÇAS CLIMÁTICAS: UMA ANÁLISE DOS IMPACTOS E AÇÕES GOVERNAMENTAIS EM CIDADES BRASILEIRAS

Código

XVISRHNE0120

Autores

Arivânia Bandeira Rodrigues, Pedro Benjamin Carreiro Lima Monteiro, Bruna Soares Fernandes, Jaime Joaquim da Silva Pereira Cabral

Tema

1. Mudanças Climáticas e Águas Continentais e costeiras

Resumo

Dentre as regiões do globo, aquelas mais vulneráveis aos impactos das mudanças climáticas são as zonas urbanas das cidades costeiras, em parte por serem importantes centros econômicos, abrigarem boa parte da população mundial e por estarem suscetíveis a inundações provocadas pelo aumento do nível do mar. O Brasil tem mais de 8 mil km de linha costeira, no qual se situa alguma das cidades mais importantes do país. Dessa maneira, o presente artigo tem como objetivo descrever os impactos em quatro cidades litorâneas brasileiras (Recife, Fortaleza, Rio de Janeiro, Salvador), bem como expor ações do poder público para enfrentar os impactos das mudanças climáticas. As cidades analisadas pertencem a diferentes regiões, mas sofrem com problemas semelhantes que vão desde a uma urbanização descontrolada a impactos parecidos como aumento da temperatura e frequência de eventos extremos de chuva e seca o que pode agravar ainda mais a sua vulnerabilidade. As cidades brasileiras têm concentrado esforços em produzir estudos e pesquisas sobre os impactos das mudanças climáticas em suas regiões.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com