XVI SRHNe - Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste e 15º SILUSBA - Simpósio de Hidráulica e Recursos Hídricos dos Países de Língua Portuguesa

Data: 06/11/2022 à 11/11/2022
Local: Caruaru - PE
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xvisrhne

Avaliação do ajuste da curva de Budyko para bacias hidrográficas do Estado de Pernambuco

Código

XVISRHNE0022

Autores

Jonas Felipe Santos de Souza, ALFREDO RIBEIRO NETO, Tiago de Morais Inocêncio

Tema

1. Mudanças Climáticas e Águas Continentais e costeiras

Resumo

O presente trabalho avaliou o ajuste da curva de Budyko expresso pelo coeficiente w aplicado na região do Estado de Pernambuco pela equação de Fu, usando como referência as 15 Unidades de Planejamento (UP) da região continental pernambucana e as bacias hidrográficas dos rios Tracunhaem, Tapacurá, Ipojuca, Una e Pajeú. Foram usados dados de precipitação, vazão, evapotranspiração potencial e real. Para as 15 UPs foi utilizada a base de dados ERA5-Land; para as bacias hidrográficas foram utilizados dados de estações de medição e do ERA5. Os resultados mostraram que, para as bacias hidrográficas, os valores de w mostraram tendência de crescimento a partir da Zona da Mata (rio Tracunhaem) até o sertão semiárido (rio Pajeú), expresso como o aumento das taxas de evapotranspiração para regiões mais secas. Para as UPs ocorre o inverso, com valores menores de w para a região semiárida, o que pode refletir uma superestimação dos dados de vazão do ERA5-Land, especialmente na região do semiárido, uma vez que não refletiu o comportamento real do clima.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com