I FluHidros - Simpósio Nacional de Mecânica dos Fluidos e Hidráulica

Data: 22/08/2022 à 24/08/2022
Local: Ouro Preto - MG
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/fluhidros

Estado Da Arte E Análises Quanto À Aplicação De CPA (Camada Porosa De Atrito) Como Revestimento Drenante Para Rodovias No Brasil

Código

I-FLUHIDROS0037

Autores

Lucas França Carvalho Silveira, VIVIANE BORDA PINHEIRO ROCHA, Flávio Renato de Góes Padula

Tema

Obras hidráulicas (Modelagem física e numérica e Projeto)

Resumo

No Brasil ocorrem 142 acidentes com vítimas por dia em rodovias federais (CNT, 2020). Grande parte desses acidentes estão ligados ao efeito da aquaplanagem, promovido em pavimentos impermeáveis. O revestimento asfáltico mais empregado no Brasil é impermeável, o CBUQ. Para se evitar a aquaplanagem, novas tecnologias precisam ser exploradas, como os revestimentos drenantes. Este artigo traz um estado da arte de um revestimento drenante muito utilizado na Europa e Japão, a CPA. Além disso, realizaram-se três análises: comparativa com o CBUQ, de redução do número de acidentes utilizando CPA e histórica para identificação dos trechos onde CPA foi aplicada no Brasil. Os resultados da análise comparativa foram positivos para a CPA nos quesitos de saúde e segurança, já nos itens de durabilidade e custos foram negativos, com algumas ressalvas. Existe uma forte relação entre a redução do número de acidentes e a aplicação da CPA e um mapa foi elaborado com tabela informativa dos trechos no Brasil que tiveram CPA aplicada. Concluiu-se que essa tecnologia ainda é pouco explorada no país, possui norma brasileira muito antiga, apresenta algumas desvantagens que podem ser melhoradas com polímeros, e diversas vantagens, além de uma imensurável que é a de poder salvar vidas.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com