XXIV SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 21/11/2021 à 26/11/2021
Local: BELO HORIZONTE - MG
ISSN: 2318-0358
Mais informações: http://www.abrhidro.org.br/xxivsbrh

ANÁLISE CRÍTICA DO MONITORAMENTO DOS POÇOS DA RIMAS NA CIDADE DE BELÉM DO PARÁ, CEDIDOS PELA CONCESSIONÁRIA ESTADUAL (COSANPA)

Código

XXIV-SBRH0685

Autores

MANOEL IMBIRIBA JUNIOR, Leandro Guedes Santos, Fhábio Glayson Reis Pinheiro, Homero Reis de Melo Junior

Tema

SR07 - Inovações em monitoramento e gestão de dados

Resumo

A Rede Integrada de Monitoramento das Águas Subterrâneas coordenada pelo Serviço Geológico do Brasil, está completando 11 anos de atividades nos principais aquíferos sedimentares brasileiros. A RIMAS-BELÉM começou a ser implantada no ano de 2010 justamente com poços cedidos pela concessionária estadual. Para tanto foi firmado Termo de Cooperação entre o SGB-CPRM e a COSANPA. Os poços cedidos, por vários motivos, não encontravam-se em operação, e medidores de nível automáticos passaram a ser instalados. Esses poços, na grande maioria das vezes, não se tem informação das suas estruturas pretéritas: se a tubulação estava furada, se os filtros estavam colmatados e/ou rompidos, bombas caídas, material repassado para o interior do poço (entupimento), e de um modo geral, a falta de manutenção preditiva. Isso pode derivar que, mesmo quando se tem o perfil construtivo, não se tem certeza se está coletando a água do referido aquífero a ser estudado, e se a variação do nível estático medido representa a realidade. O município de Belém contava com 09 poços cedidos: 02 poços na primeira légua patrimonial da cidade (5° Setor COSANPA); 03 poços que pertenciam ao extinto Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Belém (hoje incorporados à COSANPA) no Distrito Administrativo de Icoaraci; e mais 03 poços da COSANPA localizados no Distrito Administrativo de Mosqueiro. Ao longo do tempo 06 poços foram retomados ao bombeamento, sendo que alguns não tiveram condições de serem reaproveitados. Hoje apenas 03 poços cedidos estão sendo monitorados pela Rede RIMAS-BE.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com