XXIV SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 21/11/2021 à 26/11/2021
Local: BELO HORIZONTE - MG
ISSN: 2318-0358
Mais informações: http://www.abrhidro.org.br/xxivsbrh

A INFLUÊNCIA DA FORMA URBANA AO RISCO DE INUNDAÇÕES EM ASSENTAMENTOS PRECÁRIOS. O CASO DA ZEIS INVASÃO RAMADINHA II EM CAMPINA GRANDE-PB

Código

XXIV-SBRH0172

Autores

Maria Eduarda Barbosa da Veiga, Matheus Batista Simões, Mauro Normando Macedo Barros Filho

Tema

SE06.B - Inundações urbanas: modelagem, mapeamento e análise de incertezas sobre a ameaça, exposição, vulnerabilidade e risco.

Resumo

A urbanização crescente, desarticulada do planejamento de uso e ocupação do solo, promove um crescimento urbano desordenado, com altas taxas de impermeabilização, que - aliada à carência de infraestrutura urbana para atender às demandas da população - pode levar a diversos desastres associados à alteração do ciclo hidrológico, como enchentes e inundações. Tal processo põe em risco comunidades em situação de vulnerabilidade socioambiental concentradas em conglomerados urbanos precários que, muitas vezes, são os principais acometidos pela fragilidade sanitária e pelas sobrecargas do sistema de drenagem. Neste sentido, o presente artigo visa a utilização das análises estatísticas (MCDA e AHP) para produção do mapa de riscos à inundação com base em medidas de morfologia urbana, com o objetivo de compreender como a forma urbanas influencia na produção do escoamento em uma bacia urbana localizada na cidade de Campina Grande, Paraíba, caracterizada pela ocupação de áreas ambientalmente frágeis próximas à cursos de água. O mapa final produzido demonstrou que não há como dissociar a produção do espaço físico com a vulnerabilidade de fenômenos naturais, comprovando que parâmetros de morfologia urbana devem ser considerados na elaboração dos projetos de drenagem.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com