XXIV SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 21/11/2021 à 26/11/2021
Local: BELO HORIZONTE - MG
ISSN: 2318-0358
Mais informações: http://www.abrhidro.org.br/xxivsbrh

ANÁLISE DA CONTRIBUIÇÃO DA PARCELA DA ENERGIA CINÉTICA E DA DECLIVIDADE LONGITUDINAL DE UMA TUBULAÇÃO DE ADUÇÃO POR RECALQUE NO ESTUDO DOS TRANSIENTES HIDRÁULICOS

Código

XXIV-SBRH0098

Autores

Abmael de Sousa Lima Junior, ANA BEATRIZ ACCIOLY DE MENEZES, Giovana Bueno Alves, José Roberto Gonçalves de Azevedo, Lucas Breno dos Santos, Pedro Impieri Farias de Medeiros, TARCISIO ALBUQUERQUE MORAES FILHO

Tema

SR04- Mecânica dos fluidos e hidráulica

Resumo

Chama-se Transiente ou Transitório Hidráulico, o regime variado que ocorre durante a passagem de um regime permanente para outro regime permanente. Assim, qualquer alteração no movimento ou paralisação eventual de um elemento do sistema dão origem aos chamados fenômenos transitórios. O Método das Características (MOC) é o principal método utilizado para o cálculo e caracterização do comportamento dos sistemas hidráulicos durante o fenômeno. Nota-se na literatura que no desenvolvimento do MOC é admitida que tanto a parcela referente à declividade longitudinal da tubulação e a energia cinética não trazem contribuição significativa face as outras variáveis. Este trabalho tinha como finalidade investigar, através da modelagem hidráulica, se há a contribuição destas parcelas onde foi considerado ainda a influência das zonas de escoamento no cálculo do fator de resistência "f" da fórmula de perda de carga de Darcy-Weisbach. Concluiu-se que independentemente da zona de escoamento, as parcelas não trazem contribuições significativas para os resultados.

© 2022 - Todos os direitos reservados - Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com