XII SRHN - SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS DO NORDESTE

Data: 21/10/2014 à 31/12/2014
Local: Natal - RN
Mais informações:

AVALIAÇÃO OS TEORES DE ÍONS DE FLUORETO PRESENTE NAS ÁGUAS DE ABASTECIMENTO PÚBLICO DOS MUNICÍPIOS ALAGOANOS NOS ANOS 2012 E 2013 (PAP018484)

Autores

GUACYRA MACHADO LISBOA, EDNA MARIA DA SILVEIRA MONTEIRO, ALCIDES JOSÉ RAMOS SALES, TAYNAH RABELO

Tema

Qualidade das águas e meio ambiente

Resumo

A fluoretação consiste em agregar, de forma controlada, um composto de flúor à água a fim de aumentar a concentração existente a um teor ideal para atuar na prevenção da cárie dental. Para que a ação preventiva seja efetiva, esta adição deve ser feita de forma contínua e observando os teores adequados de fluoreto para cada lugar. Devido a esta particularidade, torna-se imprescindível um controle rigoroso. Com a entrada em vigor da Portaria 2.914 do Ministério da Saúde, passou a não ser mais necessário para empresa responsável pela fluoretação, realizar análises dos íons de fluoreto na rede de distribuição, tornando as ações realizadas pelas vigilâncias ambientais uma ferramenta valiosa, senão a única, para assegurar a qualidade da água fornecida ao consumidor. O objetivo deste estudo foi de avaliar os teores de íons de fluoreto presente nas águas de abastecimento público dos municípios alagoanos no período de 2012 a 2013. Foi analisado um total de 1.970 laudos emitidos no período pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Alagoas (LACEN-AL). Os resultados mostraram uma grande variação dos teores de fluoreto, o que pode ter propiciado a ineficácia da medida de prevenção da cárie dental na população usuária.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com