XII SRHN - SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS DO NORDESTE

Data: 21/10/2014 à 31/12/2014
Local: Natal - RN
Mais informações:

AVALIAÇÃO DA TEMPERATURA DA ÁGUA EM TERESINA-PI E SEU IMPACTO NA PERDA DE CARGA EM TUBULAÇÕES (PAP018209)

Autores

CARLOS HENRIQUE LEAL VIANA, FRANCISCO ROGEANIO CAMPOS DE ALMEIDA, ITALO SARAIVA GONÇALVES, Roberto José Amorim Rufino Fernandes

Tema

Águas urbanas e desenvolvimento

Resumo

A cidade de Teresina/PI, conhecida pela alta temperatura ambiente durante boa parte do ano, o que se reflete em maiores temperaturas da água. Apesar disso, os sistemas hidráulicos da capital piauiense são dimensionados considerando a viscosidade cinemática da água para a temperatura padrão de 20ºC. O objetivo do presente trabalho é avaliar erro cometido ao se desconsiderar a temperatura real no cálculo da perda de carga em condutos forçados. Foi observado que a temperatura média da água na rede pública de distribuição é de 33,4ºC e de 31,4ºC em um sistema predial de água fria. Utilizar a viscosidade a 20ºC superestima a perda de carga em valores que podem chegar a mais de 8,0% em escoamentos turbulentos hidraulicamente lisos e mistos segundo a Fórmula Universal da Perda de Carga.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com