XIII ENAU - Encontro Nacional de Águas Urbanas e III SRRU - Simpósio de Revitalização de Rios Urbanos

Data: 19/10/2020 à 22/10/2020
Local: virtual
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xiiienau-iiisrru

CAFEÍNA COMO TRAÇADOR ANTRÓPICO EM AMBIENTES AQUÁTICOS IMPACTADOS POR ÁREA URBANA

Autores

João Miguel Merces Bega, Jefferson Nascimento de Oliveira, WILLIAM DEODATO ISIQUE

Tema

ENAU - 03 - Poluentes em águas urbanas: fontes, acumulação, carreamento e impactos

Resumo

O despejo de esgotos domésticos nos cursos de água representa uma das maiores fontes de poluição no âmbito urbano. Monitoramentos ambientais de qualidade da água, por meio de parâmetros físicos, químicos e biológicos, podem refletir os insumos gerados nas áreas de influência e dar indícios de prováveis fontes de poluição. No entanto, são as substâncias de uso exclusivamente antrópico que comprovam a existência do lançamento de tais cargas poluidoras. Nesse contexto, o presente trabalho teve como objetivo verificar a eficiência da utilização da cafeína como indicador de poluição pelo lançamento de esgotos domésticos em ambientes aquáticos impactados por área urbana. O método analítico usado para a identificação da cafeína foi a Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (HPLC). Traços de cafeína foram encontrados em todas as amostras analisadas, nas quais as concentrações variaram de 0,01-7,80 mg/L. Os maiores valores foram aferidos nos meses de maior precipitação mensal total, devido ao possível transbordamento e vazamento de esgotos domésticos. Por fim, o estudo inferiu a eficiência da cafeína como indicador desse tipo de poluição.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com