XV SRHNE - SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS DO NORDESTE

Data: 22/11/2020 à 26/11/2020
Local: Caruaru
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xvsrhne/

APLICAÇÃO DO MUSGO Sphagnum perichaetiale Hampe NA FITORREMEDIAÇÃO DE CÁDMIO

Autores

Alan dos Santos da Silva, Cacinele Mariana da Rocha, Juçara Bordin, Therrése Tesser Torres, Thayse Freitas Silveira

Tema

10 - Qualidade da água

Resumo

O aumento na concentração de metais pesados nos corpos hídricos é responsável pela geração de graves impactos ambientais devido ao elevado grau de toxicidade e as características de bioacumulação e biomagnificação destes contaminantes. Neste contexto, o presente estudo avaliou o potencial da espécie de briófita Sphagnum perichaetiale Hampe na remoção de cádmio (Cd) em amostras aquosas sintéticas visando a aplicabilidade da técnica em águas residuais e naturais. A espécie foi cultivada em aquário, mantida em temperatura ambiente e regime de luz natural. Quanto aos experimentos, foram realizadas duas baterias, utilizando biomassas seca (três diferentes granulometrias) e biomassa úmida. Em ambas as baterias, a espécie foi exposta a soluções enriquecidas com diferentes concentrações de cádmio. Após os experimentos, as concentrações residuais foram mensuradas. Observou-se a capacidade da espécie de S. perichaetiale em fitorremediar significativamente o cádmio presente nas amostras aquosas, onde os percentuais médios de remoção foram de 81 % para biomassa seca, com destaque para a maior granulometria empregada (de 0,495 a 0,248 mm), e 88 % para biomassa úmida. A partir disto, é possível classificar a utilização desta espécie como eficiente agente fitorremediador e adsorvente natural.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com