XII ENREHSE - Encontro de Recursos Hídricos em Sergipe

Data: 18/03/2019 à 22/03/2019
Local: São Cristóvão - SE
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xiienrehse

Salinização do reservatório Carira: uma avaliação geoquímica usando razões iônicas

Autores

Eveline Leal da Silva, Adnivia Santos Costa Monteiro, LUCAS CRUZ FONSECA, Lúcia Calumby Barretto de Macedo, José do Patrocínio Hora Alves

Tema

Água para Todos: Não Deixar Ninguém para Trás

Resumo

O reservatório de Carira, localizado na bacia do rio Vaza-Barris, Estado do Sergipe, encontra-se salinizado e sem condições de atender a determinados usos como o abastecimento humano e a agricultura. O objetivo deste trabalho foi identificar, através do Diagrama de Gibbs (1970) e das razões iônicas, os principais processos geoquímicos envolvidos na salinização do reservatório. Foram utilizados dados das amostras coletadas nos períodos seco e chuvoso, no período 2013 ? 2014. O diagrama de Gibbs apontou que a evaporação é o principal processo que controla a química da água, sendo responsável pela salinização do reservatório. As razões iônicas mostraram que as variações geoquímicas ocorridas durante a progressão da evaporação, levaram a precipitação de calcita e gipsita, ocasionando um enriquecimento em cloreto, sódio e magnésio e reduzindo as concentrações de cálcio, bicarbonato e sulfato.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com