XII ENREHSE - Encontro de Recursos Hídricos em Sergipe

Data: 18/03/2019 à 22/03/2019
Local: São Cristóvão - SE
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xiienrehse

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA JOÃO EDNALDO/SERGIPE

Autores

Daniela Ferreira Batista, Denise Conceição de Gois Santos Michelan, ISABELA FERREIRA BATISTA, Valfran Alves dos Santos

Tema

Água para Todos: Não Deixar Ninguém para Trás

Resumo

A água para consumo humano deve ser limpa e livre de contaminantes, para isso deve ser tratada nas Estações de Tratamento de Água (ETAs). Nas ETAs a água é submetida à processos capazes de torná-la potável e em conformidade com os teores máximos de impurezas estabelecidos por entidades públicas. No Brasil, a Portaria 2914 de 2011 estabelece os padrões de potabilidade da água para consumo humano. A ETA João Ednaldo, que abastece parte da cidade de Aracaju, recebe água do Rio São Francisco. Com o crescimento da população, a ETA passou a receber contribuições de água do Rio Poxim nos dias de maior consumo. Existe uma diferença visível na qualidade da água desses dois mananciais e, como a mistura da água é feita na entrada da ETA, o volume é submetido aos mesmos processos de tratamento. Dessa forma, o trabalho tem como objetivo avaliar a eficiência da Estação de Tratamento de água João Ednaldo, levando em consideração a contribuição de água do Rio Poxim, com base nos parâmetros pH, cor aparente e turbidez.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com